top of page
  • Foto do escritorproje24

80% da mulheres sofrem com miomas


Um problema que atinge cerca de 80% das mulheres em idade fértil, segundo dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, o mioma, fribroma ou leiomioma, é um nódulo uterino benigno, resultante de uma proliferação anormal do tecido fibroso, causado principalmente pelo excesso de estrogênio.

No Brasil, estimativas do Ministério da Saúde, apontam que anualmente dois milhões de mulheres desenvolvem mioma, sendo que 300 mil delas perdem o útero devido ao problema. O tema ganhou destaque nos últimos dias, com aumento de 160% nas buscas do google, com a revelação da atriz Sharon Stone de que após um diagnóstico errado que a levou a passar por um procedimento cirúrgico, descobriu ter miomas.

Mais comum em mulheres na faixa etária dos 40 anos, os nódulos tendem a diminuir ou até mesmo deixarem de ser vistos nos exames durante o período da menopausa. Isso ocorre porque na menopausa a produção de estrogênio é reduzida.

Embora os dados mostrem que um grande número de mulheres desenvolva esse tipo de problema, na maioria das vezes os miomas são assintomáticos, não sendo necessário nenhum tipo de tratamento.

9 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page