top of page
  • Foto do escritorproje24

Endometriose e dor pélvica

Você já ouviu falar sobre dor pélvica crônica?



A dor pélvica crônica é uma condição caracterizada por dor persistente na região pélvica com duração mínima de seis meses, podendo ser constante ou intermitente e de intensidade leve à intensa.


Um dos sintomas mais comuns da endometriose é a dor que surge devido ao crescimento do endométrio fora do útero, geralmente na cavidade pélvica.


Esses focos endometriais podem levar à quadros como inflamações dos órgãos pélvicos, aderências e cicatrizes, pressão nos nervos da região pélvica e aumento do fluxo menstrual.


Muitas vezes a dor resultante da endometriose está associada ao período menstrual, mas como é um quadro recorrente acaba evoluindo para dor pélvica crônica e pode ocorrer em qualquer momento, independente da menstruação.



Por afetar significativamente a qualidade de vida das mulheres com endometriose é necessário que o tratamento envolva cuidados com uma equipe multidisciplinar, visando sempre controlar e melhorar o quadro sintomático da paciente.


Se você sente dores que te impedem de realizar suas atividades diárias, entenda que isso não é normal e procure ajuda de um profissional especializado!


0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page