top of page
  • Foto do escritorproje24

Endometriose profunda


A endometriose profunda pode afetar significativamente a fertilidade feminina. Essa condição ocorre quando o tecido semelhante ao revestimento uterino cresce além do útero, invadindo órgãos adjacentes. Essa invasão pode causar aderências, cicatrizes e distorção da anatomia reprodutiva, dificultando a concepção.

Mulheres com endometriose profunda podem enfrentar desafios para engravidar naturalmente. A presença de aderências e cicatrizes pode prejudicar a função dos órgãos reprodutivos, interferindo na liberação e captura dos óvulos, bem como na implantação adequada do embrião.

É essencial que as mulheres que suspeitam de endometriose profunda busquem a ajuda de um profissional especializado, como um ginecologista especializado em endometriose ou um especialista em reprodução assistida. Esses profissionais podem realizar uma avaliação completa da saúde reprodutiva, incluindo exames de imagem, como a ultrassonografia transvaginal e a ressonância magnética, para diagnosticar a endometriose profunda.

Após o diagnóstico, o profissional especializado pode discutir opções de tratamento adequadas, como cirurgia laparoscópica para remover aderências e endometriomas, ou técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro (FIV). Essas abordagens podem melhorar as chances de gravidez, dependendo da gravidade da endometriose profunda e das condições individuais da paciente.

Buscar a ajuda de um profissional especializado é crucial para garantir um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. Com acompanhamento médico adequado, é possível gerenciar a endometriose profunda e buscar alternativas para alcançar a fertilidade desejada.

0 visualização0 comentário

コメント


bottom of page