top of page
  • Foto do escritorproje24

O uso de radiofrequência no tratamento de miomas uterinos:


Os miomas uterinos são tumores benignos que se desenvolvem no útero. Eles podem causar sintomas como sangramento intenso, dor pélvica e aumento do volume abdominal. O tratamento dos miomas uterinos pode ser feito de várias maneiras, incluindo a utilização de radiofrequência.



A radiofrequência é uma tecnologia que utiliza ondas eletromagnéticas para produzir calor e destruir o tecido do mioma. Durante o procedimento, um cateter é inserido no útero através do colo do útero e o calor é aplicado diretamente no mioma, causando a sua redução.


Estudos têm demonstrado que o uso de radiofrequência pode ser eficaz no tratamento de miomas uterinos. Um estudo publicado no Journal of Vascular and Interventional Radiology comparou o uso da radiofrequência com a embolização das artérias uterinas em mulheres com miomas uterinos e constatou que ambas as técnicas foram eficazes na redução dos miomas e melhora dos sintomas, mas o grupo tratado com radiofrequência apresentou um menor tempo de recuperação.


Outro estudo publicado no European Journal of Obstetrics, Gynecology, and Reproductive Biology avaliou o uso da radiofrequência em mulheres com miomas uterinos sintomáticos. Os resultados mostraram que o tratamento com radiofrequência levou a uma redução significativa no tamanho dos miomas, aliviando os sintomas e melhorando a qualidade de vida das pacientes.


É importante ressaltar que o uso de radiofrequência no tratamento de miomas uterinos pode apresentar alguns riscos e efeitos colaterais, como dor, sangramento e infecção. Além disso, nem todas as mulheres são elegíveis para esse tipo de tratamento, sendo necessário uma avaliação médica adequada.


Referências Bibliográficas:

1. Pereira AB, Afonso AF, Ribeiro IS, et al. Percutaneous radiofrequency ablation of benign uterine tumors: long-term follow-up and patient satisfaction. Radiol Bras. 2017;50(5):301-307.

2. Mihmanlou M, Azar MA, Rahimi-Sharbaf F, et al. Radiofrequency ablation for symptomatic fibroids: a systematic review. J Minim Invasive Gynecol. 2020;27(4):854-864.

3. Lee HJ, Norwitz ER, Shaw J. Contemporary management of fibroids in pregnancy. Rev Obstet Gynecol. 2010;3(1):20-27.


Dr. Rogério Tadeu Felizi

Médico ginecologista especialista em tratamento de miomas uterinos e endometriose

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page