top of page
  • Foto do escritorproje24

Radiofrequência e embolização de miomas


Quando falamos de comparação entre radiofrequência e embolização dos miomas, a radiofrequência para o tratamento dos miomas é uma técnica

minimamente invasiva, que promove a destruição dos miomas de forma

precisa, por meio de uma agulha, que libera energia elétrica de forma

controlada.


Esta energia elétrica determina um aumento controlado da temperatura,

causando a necrose do mioma. Todo o procedimento é guiado pela ultrassonografia transvaginal. O procedimento é realizado em centro cirúrgico, sob sedação ou anestesia

geral.


O pós-operatório é praticamente indolor, sendo comum o sangramento

por 24 horas. O retorno para as atividades habituais pode ser realizado no

dia seguinte ao procedimento. Importante destacar que algumas mulheres podem apresentar

sangramento semelhante a uma menstruação, por até 7 dias.


Como é a embolização para o tratamento de miomas?

A embolização é um procedimento na qual um cateter longo é introduzido

através de uma artéria da virilha, que chega até o útero. Para o cateter chegar até o útero, são realizadas algumas manobras, guiadas por uma máquina que emite raios-x (fluoroscopia) e contraste iodado.


A anestesia geralmente é local, juntamente com uma sedação. A alta hospitalar acontece no dia seguinte, para que a paciente possa receber analgesia endovenosa adequada e ficar em repouso para diminuir a chance de sangramento no local da punção arterial.


O sangramento menstrual diminui a partir do primeiro mês, sendo

possível a ausência de menstruação por 1 ou 2 meses. Os miomas e o útero continuam a diminuir de tamanho pelos próximos 6

meses e então estabiliza.


4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page