• proje24

Tenho mioma, é possível preservar meu útero?

A resposta é “Sim”. Esse tipo de tumor benigno pode ser tratado, e quando feito com antecedência pode prevenir consequências como sangramento transvaginal excessivo e dificuldade para engravidar. Seu tratamento é individualizado e pode ser medicamentoso ou através de cirurgia. É possível preservar o seu útero mesmo com a presença de mioma, pois existem diversos tratamentos hoje em dia. Aqui deixo os principais:

Miomectomia Abdominal: Cirurgia indicada para os miomas subserosos (para fora do útero) e intramurais (na parede muscular uterina). Sempre que possível, deve ser feita por robótica ou laparoscopia. O objetivo é remover o mioma e manter o útero preservado;

Miomectomia Histeroscópica: Cirurgia indicada para os miomas submucosos (para dentro do útero).

Embolização dos miomas uterinos: Procedimento minimamente invasivo com o uso de esferas para obstruir o fluxo sanguíneo para os miomas. Essa opção também preserva o útero, porém NÃO é recomendada para quem deseja engravidar.

Ablação por Radiofrequência dos miomas uterinos: Técnica mais recente introduzida no Brasil, é feita por via vaginal. Uma agulha é introduzida no mioma guiada por ultrassonografia e causa uma destruição térmica do mioma. Importante lembrar que, assim como na embolização, o mioma não é some completamente. A escolha de um método vai depender do tamanho e da quantidade de miomas. É necessário conversar com o seu médico para saber qual será a melhor opção para o seu tipo de caso.

#centrodemiomas #miomas #ginecologistaespecializadoemmiomas #cirurgiarobotica #cirurgiaminimamenteinvasiva #cirurgialaparoscópica #ginecologista #Endometriose #Adenomiose #Blogdaendometriose #endometriose #drrogeriofelizi #ginecologistaespecialistaemendometriose #ginecologista

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo